Os outros Postado em 15/08/2005 12:00.

Dia desses um amigo enviou um artigo (Um brasileiro frente a frente com a Tsunami - http://br.groups.yahoo.com/group/altomar/message/29402) e me fez a seguinte pergunta: "Já percebeu que os crentes não se manifestaram nessa? pelo menos eu não vi movimento nenhum.". De fato, temos nos especializado em ser "profetas do óbvio" e trucidamos qualquer um que critique nossa liturgia, mas ficamos insensatos às maiorias das mazelas humanas. Pensei e enviei de volta a seguinte resposta:

E o que você queria? Eles são os outros!
Eles adoram outros deuses;
Eles têm outras formas de culto;
Eles possuem a pele diferente;
Eles possuem olhos estranhos;
Eles não vêem as mãos de Deus como vemos.
Eles adoram como vacas, e merecem todo castigo de Deus.
Eles não são gratos a Deus como somos.
E o que você queria? Eles são os outros!
Eles são aqueles que não se curvam ao deus conquistador, tão pregado pelo Bush;
Eles são os que falam em outras línguas.
Elão são os que batizam os filhos imergindo nas águas;
Eles possuem uma liturgia diferente da nossa;
Eles cantam canções que não compreendemos e por isso Deus também não as entende.
Eles são os outros, possuem outros rótulos, e não merecem nossa ajuda. 

 

Sou cristão, evangélico, presbiteriano, e quando escrevi isto apenas pensei na relação entre as denominações evangélicas. Se nós que, pelo ao menos em tese, somos da "mesma casa" nos tratamos assim, que expectativa de ajuda os outros, das outras religiões, poderiam esperar de nós.

Mas Deus é bom, justo, e provê meios para demonstrar seu amor. Mesmo que use apenas "os outros'', enquanto os que julgam não serem outros, são outros, estranhos, aos olhso do Pai.

João Inácio

    Comentários
    Obrigatório
    Não será divulgado
    Somente texto é permitido.
    As mensagens serão aprovadas antes de aparecer no site.

    Quanto é 3 x 4?

    * Responda por extenso, com letras minúsculas.